Vereador entra com ação de pedido de indenização por danos contra o prefeito de Dom Expedito Lopes Valmir Barbosa

Após tomar conhecimento que se encontra no TCE/ PI (Tribunal de Contas do Estado do Estado do Piauí), um Ofício S/N datado de 31 de dezembro de 2018 (Anexo 1), supostamente assinado pelo vereador e ex-presidente da Mesa Diretora da Câmara de Dom Expedito Lopes, Kyldary Gomes Gonçalves (REDE), e usado pelo prefeito, Valmir Barbosa de Araújo (PDT), para encaminhar ao TCE os Balancetes do mês de novembro de 2018, o parlamentar de imediato prestou queixa através do Boletim de Ocorrência de Nº 197736.000062/2019-11 (Anexo 2).

Relatando os fatos e a não assinatura do mesmo no suposto Ofício S/N de 31 de dezembro de 2018 (Anexo 3), Ofício esse assinado digitalmente por Valmir Barbosa em 21 de março de 2019 às 10h53min57s e pela Controladora Geral, Rosa Gardência Barbosa de Moura em 21 de março 10h53min57s.

Ocorre que em 31 de dezembro de 2018, data do suposto Ofício, 30 dias após encerrar o mês de novembro de 2018, era no mínimo estranho se dar a entrega dos referidos Balancetes, uma vez que o prazo para entrega dos mesmos Balancetes encerraria em 01º de fevereiro de 2019, ou seja, 60 dias, conforme Resolução do TCE.

“E para colaborar com a tamanha farsa os Balancetes só foram entregues na Câmara Municipal em 20 de Fevereiro de 2019, através do Ofício Nº 022/2019, assinado pela Controladora Geral, Rosa Gardência Barbosa de Moura”, disse o vereador.

O vereador Kyldary Gomes Gonçalves se sentindo prejudicado com a atitude do prefeito, Valmir Barbosa, ingressou com uma ação por danos morais com o protocolo Nº 0010837.20.l00.19.818.0084, datada de 31 de maio de 2019 (Anexo 4), e que já foi marcada Audiência pelo Juiz da Comarca de Picos para o dia 01º de julho as 09h30min.

Outro lado:

Nossa reportagem não conseguiu localizar o prefeito de Dom Expedito Lopes, Valmir Barbosa, para que ele comentasse o teor da ação de danos morais ingressada pelo ex-presidente da Mesa Diretora da Câmara, Kyldary Gomes Gonçalves.

Matéria relacionada:

Vereadores afirmam que o prefeito de Dom Expedito Lopes usou documentos falsos para entrega de Balancetes do mês de novembro de 2018 junto ao TCE-PI

Anexo 1:

imagem12-06-2019-01-06-05

(Foto/ Reprodução/ Anexo 1/ Balancete enviado a Câmara de vereadores em 21 de março)

 

Anexo 2:

 

imagem12-06-2019-01-06-07

(Foto/ Reprodução/ Anexo 2/ Boletim de Ocorrência registrado pelo ex-presidente da Câmara)

Anexo 3:

imagem12-06-2019-01-06-07

(Foto/ Reprodução/ Anexo 3/ Ofício enviado pela Controladora Geral em 20 de fevereiro de 2019)

Anexo 4:

imagem12-06-2019-01-06-08imagem12-06-2019-01-06-09imagem12-06-2019-01-06-10imagem12-06-2019-01-06-10imagem12-06-2019-01-06-11imagem12-06-2019-01-06-12imagem12-06-2019-01-06-13imagem12-06-2019-01-06-14imagem12-06-2019-01-06-14imagem12-06-2019-01-06-15imagem12-06-2019-01-06-16

(Foto/ Reprodução/ Anexo 4/ Ação ingressas pelo vereador, Kyldary, contra o prefeito, Valmir)

FONTE: Portal O Povo

Fonte: www.piauiemfoco.com.br/municipios/vereador-entra-com-acao-de-pedido-de-indenizacao-por-danos-contra-o-prefeito-de-dom-expedito-lopes-valmir-barbosa