Promotor russo reclama de beijo homoafetivo em ação da Dolce & Gabbana

Na Rússia, uma campanha de Dia dos Namorados da Dolce & Gabbana, divulgada em fevereiro, virou caso de Justiça. Mais especificamente, dois vídeos que mostram beijos de casais homoafetivos. Atendendo a uma queixa do legislador Mikhail Romanov, do partido Rússia Unida, um promotor pediu que a veiculação das imagens no país seja proibida. Segundo ele, o material contém “informações que negam os valores familiares e promovem relações sexuais não tradicionais”.

Reclamação do promotor russo

Integrante do mesmo partido que o presidente russo Vladimir Putin, Romanov é um dos membros da Duma, a câmara baixa da Assembleia Federal da Rússia, órgão mais alto do Poder Legislativo no país. Segundo informações do United Press Service dos tribunais de São Peterburgo, um promotor registrou a queixa do parlamentar no Tribunal Distrital de Oktyabrskiy.

Inicialmente, no dia 14 de maio, a entidade informou que o promotor havia pedido que fosse proibida a distribuição de um vídeo que mostra duas mulheres se beijando, especificando o link da publicação. Já na última segunda-feira (24/5), a mesma equipe de imprensa acrescentou que a solicitação incluía mais um vídeo. Desta vez, com um beijo entre um casal de homens. De acordo com a reclamação, a divulgação desse tipo de conteúdo é proibida em território russo.

Como informou a Reuters, relações entre pessoas do mesmo gênero são permitidas na Rússia, mas existe uma lei que proíbe a veiculação de “relações sexuais não tradicionais” de jovens, instituída em 2013. Grupos de defesa dos direitos humanos se opõem à legislação, pois argumentam que ela colabora com o crescimento da “hostilidade social” entre pessoas homossexuais no país.

Confira os vídeos citados pela assessoria do tribunal:

Casal em campanha de Dia dos Namorados da Dolce & Gabbana

Outro exemplo de beijo entre rapazes que aparece na campanha da Dolce & Gabbana