Morre Sidney Poitier, primeiro negro a ganhar Oscar de melhor ator

São Paulo –O ator Sidney Poitier morreu aos 94 anos nesta sexta-feira (7), conforme anunciado pelo ministro das Relações Exteriores das Bahamas, Fred Mitchell. As causas da morte não foram reveladas.

Poitier construiu uma carreira de mais de 50 anos no cinema com cinquenta filmes, entre os quais se destacam Ao mestre com carinho, No calor da noite e Adivinha quem vem para jantar. O astro bahamense-estadunidense recebeu automaticamente a cidadania dos EUA após nascer em Miami durante uma visita de seus pais à cidade, em fevereiro de 1927.

Cresceu nas Bahamas, mas mudou-se para os Estados Unidos aos 15 anos, atuando em seu primeiro papel no cinema apenas um ano depois, em 1955, no filme Sementes da violência (Blackboard Jungle). Em 1958, teve sua primeira nomeação a um prêmio com Acorrentados (The Defiant Ones), quando foi indicado ao Oscar de melhor ator ao lado de Tony Curtis.

O prêmio veio em 1963, por sua atuação em Uma Voz nas Sombras (Lilies of the Field). Em 2002, se tornou o primeiro artista negro a receber um Oscar honorário pelo conjunto da obra. Na mesma cerimônia, Denzel Washington se tornou o segundo negro a ganhar o prêmio de melhor ator pelo filme Dia de Treinamento, de 2001, e elogiou Poitier. “Sempre estarei atrás de você, Sidney. Sempre estarei seguindo seus passos. Não há nada que eu prefira fazer, senhor.”

Com informações do The Independent.

 

Fonte: www.redebrasilatual.com.br/cultura/2022/01/morre-sidney-poitier-primeiro-ator-negro-oscar-de-melhor-ator