Maestro João Carlos Martins comemora 80 anos com live nesta quinta

Os dedos já não respondiam, com facilidade, o que a cabeça e o coração tocavam. Desde 1965, quando sofreu um acidente jogando futebol nos Estados Unidos, e teve uma perfuração na altura do cotovelo direito, o maestro paulistano João Carlos Martins passou a escrever (ou melhor, tocar) uma incrível história de superação. Primeiro, com os três dedos atrofiados, precisou se adaptar. Mas depois desenvolveu uma doença na mão esquerda: uma contratura que aumentou ainda mais a limitação.

Ele se submeteu a 24 cirurgias. Mesmo assim, nunca desistiu de trabalhar. Contrário a todos os prognósticos e indicações, ele compôs uma história de vida que estimula aplausos aonde chega. A maior novidade é que tecnologias de luvas e robôs deram novas condições ao maestro para tocar e se apresentar.

Nesta quinta (25), João Carlos Martins, um dos ícones da música clássica no país, que soma mais de 1,7 mil concertos, completa 80 anos de vida com uma apresentação em uma live às 20h. “Anunciarei meus planos para os próximos 20 anos”, divulgou o maestro em rede social. Saiba mais sobre o músico em entrevistas e reportagens feitas pela EBC

O evento está previsto para ser transmitido pelo Youtube e pelo Facebook nos perfis do maestro. A pandemia do coronavírus alterou, por enquanto, o que o músico programava. Em entrevista à TV Brasil, no ano passado, ele contou que planejava celebrar o aniversário com uma apresentação no Carnegie Hall, em Nova York, com obras de Bach, Villa Lobos, Guerra Peixe e Tom Jobim. Além do aniversário, a data marca a primeira apresentação do maestro na famosa casa de espetáculo norte-americana, há 60 anos.

Confira nesta quinta-feira entrevista inédita com o maestro João Carlos Martins no Programa Antena MEC, às 18h.

Fonte: Agência Brasil – Foto: © Fabio Rodrigues Pozzebom/AgênciGeral

Coronavírus em Tempo Real