Cristiane Machado e governador Wilson Witzel

Ativista na luta da violência contra a mulher, a atriz Cristiane Machado se encontrou com o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, no hotel Marriot, na capital carioca. A conversa girou em torno do botão do pânico, pager que alerta quando os agressores se aproximem da vítima de violência doméstica, além do permitido pelas medidas protetivas definidas pela Justiça, já que a atriz foi a primeira mulher na cidade, a receber o aparelho. No encontro, Cristiane, cujo caso de violência doméstica tomou repercussão mundial, pôde relatar ao político sobre sua experiência no Brasil e também no Uruguai, quando foi convidada pelo governo do país a conhecer o sistema do local, que já existe há 6 anos, e possui mais de 6 mil aparelhos em uso. “Também conversamos sobre a importância da fiscalização, a agilidade de atender à vítima, o que funciona e o que não funciona no sistema, inclusive tudo já foi reportado para o Ministério Público. A minha experiência no Uruguai está toda documentada no meu livro, que será lançado esse ano, e baseado nessa vivência no país vizinho, o governador me deu uma boa notícia. Vai trazer mais 5 mil aparelhos para o Rio de Janeiro, permitindo assim, que novas vítimas sejam beneficiadas. Isso virou uma missão na minha vida e o que eu puder ajudar as autoridades com minha experiência, farei”, afirma Cristiane Machado.

Foto: Philippe Lima