Varada Cultural

Como Timothée Chalamet se compara aos Willy Wonkas icônicos do cinema

Inventor das guloseimas mais alucinantes e mágicas da ficção, o mestre chocolateiro Willy Wonka está de volta aos cinemas com sua peculiaridade única, seus truques de mágica, seus passos de dança e sua afinidade para com crianças londrinas. Mas será que o astro da vez, Timothée Chalamet — familiar a dramas como Duna, Me Chame Pelo Seu Nome e Até os Ossos — tem o carisma necessário para brilhar tanto quanto as interpretações consagradas de Gene Wilder (1971) e Johnny Depp (2005)? Saiba a resposta no açucarado Em Cartaz desta semana.

Acompanhe notícias e dicas culturais nos blogs a seguir:

Tela Plana para novidades da TV e do streaming
O Som e a Fúria sobre artistas e lançamentos musicais
Em Cartaz traz dicas de filmes no cinema e no streaming
Livros para notícias sobre literatura e mercado editorial

 

Publicidade

Fonte: https://veja.abril.com.br/coluna/em-cartaz/como-timothee-chalamet-se-compara-aos-willy-wonkas-iconicos-do-cinema/