Weintraub, a sofisticação de ideias no MEC: ‘Paulo Freire é muito feio’ | Radar

Em seus delírios, Abraham Weintraub decidiu equiparar-se a Paulo Freire. Num vídeo postado nas redes há pouco, ele resgata uma “análise” em que trata o educador e filósofo brasileiro como “adversário”.

Chama a atenção o fato de Weintraub –, o ministro que usa as redes sociais para transmitir o próprio barbeado — se considerar em condições de “enfrentar” Freire no debate da educação.

O ministro mostra todo seu poder de análise e de crítica sobre a obra de Freire com o seguinte raciocínio.

“Vejo o Paulo Freire sendo muito mais uma bandeira do que realmente uma referência tão importante assim. Vejo, nesse caso, como um bom adversário. Porque o sistema que ele montou é ruim, as falas dele são super confusas, o resultado é péssimo e ele é muito feio, então é fácil de bater”, diz Weintraub.

Continua após a publicidade

Acabei de colocar em meu canal do YouTube uma série de vídeos da entrevista que dei ao Brasil Paralelo no ano passado. Segue um trecho com minhas impressões de Paulo Freire e Che Guevara. Detalhe: digo que gosto deles 😉. pic.twitter.com/bEUzP47fb8

— Abraham Weintraub (@AbrahamWeint) May 22, 2020

Fonte: veja.abril.com.br/blog/radar/weintraub-a-sofisticacao-de-ideias-no-mec-paulo-freire-e-muito-feio