Varíola dos macacos: Anvisa autoriza importação de remédios e vacina sem registros no Brasil

Foto:  Fabio Motta/Prefeitura do Rio

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou nesta sexta-feira (19) a importação de medicamentos e vacinas contra a varíola dos macacos (monkeypox) sem registros no Brasil. A medida tem caráter excepcional e temporário.

A Anvisa ressalta que não dispensa de fato o registro, mas estabelece um método de autorizar produtos de combate à varíola do macaco de maneira mais rápida. Toda a direção da agência votou a favor da medida.

Na prática, a medida permite que o Ministério da Saúde pode solicitar à Agência a dispensa de registro de medicamentos e vacinas que já tenham sido aprovados por agências internacionais. A medida também simplifica a análise de documentos e facilita o acesso da população aos medicamentos e ou vacinas.

Também ficou estabelecido que caberá ao Ministério da Saúde definir os grupos vulneráveis e prioritários para uso do medicamento ou vacina bem como promover o monitoramento dos medicamentos ou vacinas importados e gerenciar as orientações para notificações de eventos adversos e queixas técnicas e as orientações aos serviços de saúde.

O diretor-presidente da Anvisa, Antonio Barra Torres, declarou que “a dispensa de registro é um procedimento regulatório, não é deixar de regular, nem deixar de atuar”.

A medida passa a valer assim que for publicada no Diário Oficial, o que deve ocorrer nesta sexta-feira em edição extra.

Fonte: https://revistaforum.com.br/saude/2022/8/19/variola-dos-macacos-anvisa-autoriza-importao-de-remedios-vacina-sem-registros-no-brasil-121932.html