PM do Maranhão que matou outro policial é preso acusado de duplo homicídio

Francisco Ribeiro dos Santos, da Policia Militar do Maranhão, foi preso pelo crime de duplo homicídio realizado em dezembro 2018 no bairro Pedra Mole, na Zona Leste de Teresina. Segundo as investigações da polícia, as vítimas saíam de uma padaria quando foram surpreendidas pelo PM. Francisco, também é acusado de matar o companheiro de farda, Samuel Borges, que servia à Polícia Militar do Piauí, quando ele deixava o filho na escola no ano passado.

Segundo o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o acusado responde por outros três assassinatos em Teresina. A prisão de Francisco ocorreu após cumprimento de um mandado de prisão preventiva expedida pela 1ª Vara do Tribunal Popular do Júri.

Francisco Ribeiro do Santos é acusado pelos homicídios de Pedro Henrique de Sousa Florêncio da Silva e Diego Armando Alves do Nascimento, quando as vítimas deixavam uma padaria no residencial HBB, situado no Pedra Mole, na Zona Leste de Teresina.

“Ele fez uma emboscada para os dois rapazes, os seguiu até poder cometer o crime. Então trata-se de uma pessoa muito perigosa que põe em risco a ordem pública”, disse o delegado do DHPP, Francisco Costa, o Barêtta.

Cabo Samuel Borges. Foto: Divulgação Rede Social. 

Em outubro do ano passado, Francisco teve a prisão relaxada pela Justiça pelo crime contra o PM do Piauí, Samuel Borges.

Após a prisão, Francisco Ribeiro dos Santos foi encaminhado ao presídio militar em São Luís para os procedimentos cabíveis. 

Fonte: portalodia.com

Coronavírus em Tempo Real