Ipec em SC: Jorginho Mello tem 67% dos votos válidos e Décio Lima, 33%

São Paulo – Pesquisa Ipec (ex-Ibope) para governador de Santa Catarina, divulgada neste sábado (29), mostra o bolsonarista Jorginho Mello (PL) com 67% dos votos válidos e Décio Lima (PT) com 33%. Nessa projeção são excluídos votos brancos, nulos e indecisos, tal como adota a Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição.

Feita a medição de votos totais, Jorginho tem 59% e Décio, 29%. Os brancos e nulos somam 6%; mesmo percentual dos dos que não souberam ou não responderam.

Entre os eleitores ouvidos, 86% afirmam que que não deverão mudar seu voto, enquanto que 14% disseram que ainda podem mudar de candidato até no dia de votar.

A pesquisa ouviu 1.008 pessoas entre os dias 27 e 29 em 49 municípios catarinenses. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

Na pergunta espontânea de intenção de voto, na qual os nomes dos candidatos não são apresentados para os entrevistados, 25% deles estão indecisos. Ou seja, sabem dizer em que vão votar.

Já 9% dizem, de forma espontânea, que pretendem votar em branco ou nulo. Essa proporção de eleitores pode trazer movimentações de última hora, segundo o Ipec.

O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01210/2022 e no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o número SC-01689/2022.

Votos válidos

Resposta estimulada e única, em %:

  • Jorginho Mello (PL): 67% (tinha 69% na pesquisa anterior, de 18/10)
  • Décio Lima (PT): 33% (31% na pesquisa anterior)

Votos totais

  • Resposta estimulada e única, em % de votos totais:
  • Jorginho Mello (PL): 59% (59% na pesquisa anterior)
  • Décio Lima (PT): 29% (26% na pesquisa anterior)
  • Brancos e nulos: 6% (9% na pesquisa anterior)
  • Não sabe: 6% (6% na pesquisa anterior)

O post Ipec em SC: Jorginho Mello tem 67% dos votos válidos e Décio Lima, 33% apareceu primeiro em Rede Brasil Atual.

Fonte: https://www.redebrasilatual.com.br/politica/ipec-em-sc-jorginho-mello-tem-67-dos-votos-validos-e-decio-lima-33/