Governo é contra levar Embratur para o Rio: “muito caro”, diz presidente | Radar

A comissão especial que discute a conversão da Embratur em agência discute nesta terça emenda da deputada Clarissa Garotinho (PROS-RJ) que prevê a transferência da sede da empresa de Brasília para o Rio.

Presente no encontro, Gilson Machado, presidente da Embratur, vai barrar a ideia. O governo nem cogita. Entre os argumentos, é muito caro.

“Ela (Clarissa) tem prerrogativa de solicitar. Tem deputado que quer levar para o Recife. É democrático, do jogo. A Embratur já teve sede no Rio, quando não existia o Ministério do Turismo, que agora existe. Outra coisa, tem o custo. Em Brasília temos sede própria e não tem custo de aluguel, que não seria barato. E mais, os funcionários da empresa tem residência fixa aqui. Levá-los para o Rio, seria mais um custo, ter que pagar auxílio-moradia e auxílio-mudança para 90% dos mais de 100 funcionários que temos”, disse Machado ao Radar.

 

Fonte: veja.abril.com.br/blog/radar/filha-de-garotinho-quer-levar-embratur-para-o-rio-mas-governo-vai-barrar