Genro de Silvio Santos, jogador Alexandre Pato manifesta apoio a Bolsonaro: "Quanta maldade" | Revista Fórum

Casado com a apresentadora Rebeca Abravanel, uma das herdeiras de Silvio Santos no SBT, o jogador de futebol Alexandre Pato, do São Paulo, foi às redes sociais após a divulgação do vídeo da reunião ministerial do dia 22 de abril manifestar apoio a Jair Bolsonaro.

“Primeiro Deus acima de tudo. Quanta maldade e como é difícil ver a situação que passamos. E o Brasil em si. Torço pelo Brasil melhorar e crescer cada vez mais e ser um exemplo de país seguido. Então vou apoiar o PR sim para que ele possa fazer um Brasil melhor”, tuitou Pato na noite desta sexta-feira (22).

Primeiro Deus acima de tudo. Quanta maldade e como é difícil ver a situação que passamos. E o Brasil em si. Torço pelo Brasil melhorar e crescer cada vez mais e ser um exemplo de país seguido. Então vou apoiar o PR sim para que ele possa fazer um Brasil melhor

— PATO (@Pato) May 22, 2020

De maneira confusa, o jogador diz que apoiar o presidente “porque ele está no comando hoje”.

“Porque ele está no comando hoje. Mas também as vezes não concordar com algumas coisas. Entao torço para um Brasil melhor. E viva o meu país! Deus proteja e ilumine cada um de nós”, tuitou Pato, antes de terminar com o slogan de Bolsonaro: “Brasil acima de tudo; Deus acima de todos”.

Porque ele está no comando hoje. Mas também as vezes não concordar com algumas coisas. Entao torço para um Brasil melhor. E viva o meu país! Deus proteja e ilumine cada um de nós.

— PATO (@Pato) May 22, 2020

Brasil acima de tudo; Deus acima de todos 🙏🏻🇧🇷

— PATO (@Pato) May 22, 2020

Em setembro de 2019, Bolsonaro publicou uma foto ao lado de Alexandre Pato nas redes sociais. Na ocasião, o presidente estava na casa de Silvio Santos assistindo ao jogo entre Flamengo e Palmeiras.

– Com Alexandre Pato.- Intervalo de Flamengo 2×0 Palmeiras.

Publicado por Jair Messias Bolsonaro em Domingo, 1 de setembro de 2019

Fonte: revistaforum.com.br/noticias/genro-de-silvio-santos-jogador-alexandre-pato-manifesta-apoio-a-bolsonaro-quanta-maldade