Feira Nordestina da Agricultura Familiar começou hoje e terá Lula amanhã

São Paulo – Começou nesta quarta-feira (15) e vai até domingo (19) a I Feira Nordestina da Agricultura Familiar e Economia Solidária, no Centro de Convenções de Natal. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva visitará o evento nesta quinta, a partir das 14h30. No final da tarde, às 17h, participa de ato público no estacionamento da Arena das Dunas.

Lula deverá almoçar com os governadores dos nove estados que compõem o Consórcio Nordeste. Depois de passar por Natal,o pré-candidato do PT à Presidência seguirá viagem para mais dois estados nordestinos. Na sexta (17), participa de ato público em Maceió, e no sábado, estará em evento em Aracaju.

A Feira da Agricultura Familiar é uma iniciativa da Câmara Temática da Agricultura Familiar do Consórcio Nordeste, coordenada pela governadora Fátima Bezerra. O objetivo principal é fortalecer iniciativas de integração de políticas públicas em torno do Programa de Alimentos Saudáveis do Nordeste, principal bandeira do Consórcio.

Além disso, visa o intercâmbio de ações envolvendo governos e movimentos sociais para fortalecer o cooperativismo solidário e a comercialização. Para isso, oferece espaço de formação, com palestras, oficinas e cursos sobre acesso à terra, sistemas agroalimentares, produção de alimentos saudáveis e agroecologia.

O Rio Grande do Norte investiu no evento R$ 640 mil, obtido por meio de empréstimo junto ao Banco Mundial. Está prevista a participação de 150 cooperativas e associações, 500 expositores e de um público visitante de mais de 10 mil pessoas. A entrada será gratuita durante os cinco dias do evento.

Mais do que espaço de comércio e empreendimento, a feira tem ainda o caráter de reafirmação da identidade cultural nordestina. E isso por meio de saberes e sabores que caracterizam o seu povo nordestino, que constam da programação, como o “Sabores da Terra” e o Festival Gastronômico. Há ainda shows de artistas de destaque regional e nacional.

Segundo o secretário estadual do Desenvolvimento Rural e da Agricultura Familiar, Alexandre Lima, “o momento da realização da Feira, no período da colheita, reúne em Natal toda a expressão que a agricultura familiar representa no Nordeste”. “Esta é a primeira vez que os estados do Nordeste se associam a um evento para melhor organizar o setor e promover o intercâmbio de políticas públicas para a economia solidária. Quem produz alimento de qualidade e agroecológico é a agricultura familiar e este será o maior evento do setor no Brasil”, disse.

Mais conhecida como Neneide Lima, Francisca Eliane Lima é uma das coordenadoras da Rede Xique-Xique, que produz alimentos agroecológicos e que está participando da Feira. Ela disse que, ao contrário da propaganda, de que o “agro é pop, tech e tudo”, é a produção local que transforma a vida.

“Porque lá na base, nos territórios, nas comunidades, a partir dos quintais, mulheres, homens, com suas produções integradas á de outros pequenos agricultores, com outros atores da sua comunidade, conseguem ter um volume de produção. É a partir da ação no meu território, que é Mossoró, no Sertão do Apodi, com outro, no Mato Grande, e outros, que a gente consegue o que eles chamam de pequeno. A gente consegue ser grande. Quando se tem uma crise nas cidades e os caminhões não podem passar, por exemplo, a cidades são prejudicadas. Mas nós estamos lá na nossa cidade, alimentando as pessoas da nossa comunidade. Somos nós que botamos alimento na mesa”, disse.

Neneide comparou os incentivos dados pelos estados nordestinos à agricultura familiar com o desmonte do setor pelo governo de Jair Bolsonaro. “Uma feira dessas, com o Nordeste todo, mostrando a sua realidade, o que a agricultura familiar tem para dar, está riquíssima com as coisas que nós produzimos”, disse.

(Com informações da Articulação do Semi Árido – Asa Brasil)

Fonte: www.redebrasilatual.com.br/cidadania/2022/06/feira-nordestina-da-agricultura-familiar-comeca-hoje-e-tera-lula-amanha