Doria diz que PM evitou confronto entre manifestantes na Paulista

Segundo João Doria, a PM agiu para manter a “integridade física dos manifestantes”

O governador João Doria se manifestou sobre a ação da Polícia Militar na Avenida Paulista, em São Paulo, neste domingo, 31, diante de manifestações em defesa da democracia e contra o fascismo e de apoiadores de Jair Bolsonaro. 

Segundo Doria, a PM agiu para manter a “integridade física dos manifestantes”. “Dos dois lados. A presença da PM evitou o confronto e as prováveis vítimas deste embate. Todos têm direito de se manifestar, mas ninguém tem direito de agredir”, disse o governador. 

Imagens que circulam nas redes sociais mostram a PM disparando bombas de gás lacrimogênio contra os manifestantes que protestam em defesa da democracia e contra o fascismo. 

João Doria@jdoriajr

A Policia Militar de São Paulo agiu hoje para manter a integridade física dos manifestantes, na Avenida Paulista. Dos dois lados. A presença da PM evitou o confronto e as prováveis vítimas deste embate. Todos têm direito de se manifestar, mas ninguém tem direito de agredir.2.770Informações e privacidade no Twitter Ads3.408 pessoas estão falando sobre isso

Fonte: Brasil 247 – Foto: GOVSP

Coronavírus em Tempo Real