Ciro Nogueira usa empresa para alugar mansão Willer Tomaz, amigo de Flávio Bolsonaro blindado na CPI

A casa, tem quatro suítes, hidromassagem, piscina, sauna, churrasqueira e elevador, custa R$ 15 mil

Foto: Isac Nóbrega/PR

O ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira (PP-PI), alugou neste ano, usando a filial de sua empresa de venda de motos no Piauí, uma mansão no Lago Sul em Brasília, segundo a Folha de S. Paulo. O imóvel foi comprado meses antes pelo advogado Willer Tomaz de Souza, amigo do senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) e blindado na CPI da Covid.

O advogado comprou a mansão por R$ 4,55 milhões em outubro de 2020 e em janeiro pegou as chaves.

Ciro passou a morar no local em abril, quando ainda não era ministro de Jair Bolsonaro e somente exercia o mandato de senador. A casa tem 632 metros quadrados de área construída, possuindo quatro suítes, hidromassagem, piscina, sauna, churrasqueira e elevador.

A casa é alugada por R$ 15 mil mensais, abaixo do valor de mercado, pela Ciro Nogueira Comércio de Motocicletas Ltda, para fins residenciais. O contrato de locação foi assinado por um procurador da empresa, o advogado Emannuel Nogueira Lima. O aluguel de um imóvel de luxo como o de Ciro Nogueira por um CNPJ não é a praxe, segundo corretores que atuam no Lago Sul.

À Folha, Willer mostrou uma cópia do contrato de aluguel e um extrato bancário com cinco pagamentos pela empresa do ministro Ciro, no valor de R$ 75 mil.

Brasil 247