STJD: Sampaoli admite xingamento e é absolvido por expulsão

O técnico Jorge Sampaoli, do Santos, foi absolvido nesta segunda-feira, 6, em julgamento no STJD, no Rio de Janeiro. Ele havia sido denunciado por causa de sua expulsão na partida contra o Vasco, no último dia 24, no estádio de São Januário, no Rio de Janeiro, pela partida de volta da quarta fase da Copa do Brasil. O treinador foi julgado pelo artigo 258-B por invasão de campo (suspensão de uma a três partidas) e pelo artigo 243-F por ofender a arbitragem (até seis jogos de suspensão e multa de até 100 000 reais). Somado, poderia pegar até nove jogos de suspensão. No duelo contra o Vasco, o treinador argentino abusou das reclamações e acabou expulso pela primeira vez desde que chegou ao Santos. O próprio Sampaoli admitira a responsabilidade pela exclusão. “Foi minha responsabilidade. A partida estava muito intensa e eu fui expulso merecidamente”, declarou na época. Presente no julgamento no Rio de Janeiro, ele deu suas explicações nesta segunda-feira perante os auditores do STJD e assumiu ter ofendido a arbitragem com um palavrão. “Primeiro, é minha característica como treinador, sou uma pessoa que se move muito. Não sei se reclamando com o árbitro, mas reclamo muito com meus jogadores e acabo saindo da área (reservada). Fui depois do jogo ao vestiário do árbitro. Estou começando a minha carreira no Brasil, tentando procurar um ponto de equilíbrio na relação”, afirmou.

Veja a tabela completa da Copa do Brasil

Livre da punição, Sampaoli perderá, por causa da suspensão automática, apenas uma partida do Santos nas oitavas de final da Copa do Brasil. Será o jogo de ida contra o Atlético-MG, no estádio Independência, em Belo Horizonte, no dia 15 de maio. A volta, no Estádio da Vila Belmiro, em Santos, será disputada em 6 de junho. No Rio de Janeiro, Sampaoli não vai atrapalhar a reapresentação do Santos porque o elenco só voltará aos trabalhos nesta quarta-feira, 8. Nesta segunda e na terça, o grupo receberá folga porque não terá jogos no meio de semana. O próximo compromisso é diante do Vasco, no Estádio do Pacaembu, em São Paulo, no domingo, às 16 horas, pela quarta rodada do Brasileirão.

Fonte: veja.abril.com.br/placar/stjd-sampaoli-admite-xingamento-e-e-absolvido-por-expulsao