Startup que estimula a reciclagem compete por 1 milhão de dólares

O aplicativo Cataki, desenvolvido pelo grafiteiro Mundano, é um dos 20 finalistas da Chivas Venture, competição que dá como prêmio 1 milhão de dólares para negócios de impacto social pelo mundo todo. A final é com votação aberta até o dia 30 de abril. Disponível para os sistemas Android e iOS, o Cataki reúne informações sobre catadores de materiais recicláveis. Ao baixar o app, o usuário verá no mapa qual catador está mais próximo do seu endereço. Sempre pela lógica da coleta de resíduos sólidos que têm valor comercial, a plataforma inclui o descarte de alumínio, vidro, papel, plástico, metal, óleo, eletrônicos, baterias, móveis, entulhos, entre outros. O usuário pode ligar para um catador e agendar o recolhimento do material que for. Combina-se um valor de “frete” para o trabalhador e ele levará o material até o ponto correto para a reciclagem. No Brasil, existem 800 000 catadores. No Cataki, 1 400 estão cadastrados.  De acordo com a ONG Pimp My Carroça, que criou o app, 83% dos brasileiros não têm acesso a programas públicos de coleta seletiva. Todo ano, o governo brasileiro destina para aterros sanitários o equivalente a 8 bilhões de reais em materiais recicláveis. Cerca de 90% de tudo que o Brasil recicla foi coletado pelas mãos desses profissionais.

Fonte: veja.abril.com.br/blog/impacto/startup-que-estimula-a-reciclagem-compete-por-1-milhao-de-dolares