SPTrans obtém liminar para operar ônibus na capital paulista nesta sexta

A São Paulo Transporte (SPTrans), que gerencia o transporte público por ônibus na capital paulista, obteve uma liminar (decisão provisória) no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) para impedir a paralisação do serviço de ônibus na cidade na próxima sexta-feira, 14, quando está programada uma greve em protesto contra a reforma da Previdência.

Convocada pelas centrais sindicais, o ato envolve diversas categorias, incluindo professores, metalúrgicos e bancários.

Em nota, a SPTrans informa nesta quarta, 12, que houve a determinação para que se mantenha o serviço, em especial nos horários de pico (entre 5h e 9h e 17h e 20h), sob pena de multa de 100 mil reais por dia, em caso de descumprimento.

Nesta terça-feira, 11, o Metrô e a CPTM (companhia que gerencia os trens metropolitanos na região metropolitana de São Paulo) também obtiveram decisões semelhantes.

O Metrô conseguiu na Justiça liminar para manter 100% do quadro de servidores nos horários de pico, e 80% no restante.

Já a CPTM obteve liminar para manter 100% do quadro durante todo o horário de operação.

Mesmo com as decisões, metroviários e ferroviários afirmam que a paralisação está mantida. Já o sindicato dos motoristas de ônibus vai discutir a paralisação nesta quinta, 13.

Fonte: veja.abril.com.br/economia/sptrans-obtem-liminar-para-operar-onibus-na-capital-paulista-nesta-sexta