Sem piedade, Bolsonaro demite general e depois faz live com pastor-algoz

Pastor Feliciano, um dos maiores críticos de Santos Cruz, não teve piedade ao comentar a demissão do general nesta quinta-feira:

“Creio que foi uma decisão pessoal do presidente, no sentido de manter o alinhamento do governo. Pois o governo é um todo, e todos devem estar alinhados, na mesma direção. Santos Cruz deu a sua contribuição, mas agora foi para a reserva.”

O general já estava na reserva. Além de ironizar o rival, o deputado compartilhou um vídeo gravado nesta quinta ao lado de Jair Bolsonaro em que avisa da live do presidente. O pastor pisou sem dó e ainda está ao vivo com Bolsonaro neste momento.

Fonte: veja.abril.com.br/blog/radar/sem-piedade-bolsonaro-demite-general-e-depois-faz-live-com-pastor-algoz