Rihanna pede melhorias para a educação mundial em desabafo emocionante

Embora algumas pessoas não saibam, Rihanna faz um trabalho humanitário muito importante. Além do Diamond Ball, evento de arrecadação de fundos para a caridade, a cantora abriu a Clara Lionel Foundation, que financia programas de saúde e educação em comunidades pobres do mundo todo, e é Embaixadora Global da Educação da organização Parceria Global pela Educação (GEP). Recentemente, a cantora escreveu um artigo para o jornal britânico The Guardian em que desabafa e fala sobre a importância do acesso à educação em todo o mundo.

Na carta aberta, Rihanna confessa que nem sempre amou ir à escola e isso pode acontecer, principalmente quando você prefere cantar, praticar esporte ou fazer qualquer outra coisa que não seja a lição de casa. Mas a educação era algo certo para ela. O que não é a realidade de mais de 250 milhões de crianças que não tem acesso a ela. “A noção de que milhões de crianças estão desesperadas para ir à escola e não recebem a oportunidade é algo que não posso aceitar.”

Por diversas razões, que incluem conflitos, desigualdade de gênero e más políticas públicas, crianças e adolescentes de diversas partes do mundo não concluem ou chegam a frequentar uma escola. E a cantora acredita que não devemos apenas aceitar o problema e precisamos sim enfrentar o desafio de fazer a diferença.

Como embaixadora do GPE, ela viu como a educação pode impactar a vida das pessoas e fez um apelo: “Imagine um mundo onde milhões de crianças, antes deixadas à sua própria sorte, têm a chance de aprender. Quando se trata de ajudar as crianças mais pobres do mundo, bem como as comunidades e sociedades em que vivem, ainda estou aprendendo – e eu preciso de outros para se juntar a mim na jornada e usar suas vozes ao lado da minha”.

O que você achou?