Representante dos procuradores vê como ‘técnica’ decisão contra Lula

Para o presidente da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), José Robalinho Cavalcanti, a manifestação do Ministério Público, e a decisão da Justiça,  em negar  a Lula o comparecimento ao velório do irmão Vavá foi “técnica”.

Ele não viu problema.

“Sei que tem o lado humanitário, mas em outros países isso nem seria discutido. Nem seria cogitado. A Polícia Federal disse não ter condições operacionais de acompanhar. Não vejo nada de excepcional. Nem para o bem, nem para o mal. Foi uma decisão técnica”.