Rendimento de trabalhador informal bomba em 2019, mostra estudo do BC

Estudo do Banco Central mostra forte crescimento do rendimento do trabalhador informal — sobretudo vendedores, motoristas e serviços pessoais – nos últimos três anos.

Alta de quase 17% entre o terceiro trimestre de 2016 e terceiro trimestre de 2019.

No mercado formal, a alta neste mesmo período foi de 3,9%.

A notícia pode até parecer positiva, afinal, pelo menos o dinheiro está pingando mesmo onde o trabalho foi precarizado, mas essa legião de brasileiros fora da cobertura formal do mercado é mais um retrato da desgraça econômica iniciada nos governos petistas de Dilma Rousseff.

Mas não só. A decadência da Educação no país — tomada por incompetência, ideologias inúteis e corrupção — baniu milhares de brasileiro do mercado qualificado de trabalho, onde sobra vaga, mas falta mão de obra.

 

Fonte: veja.abril.com.br/blog/radar/rendimento-de-trabalhador-informal-bomba-em-2019-mostra-estudo-do-bc