Promotor investiga prefeito Veridiano Melo por contrato irregular

O Ministério Público do Piauí através do promotor através do promotor Avelar Marinho Fortes do Rêgo, instaurou um inquérito para apurar suposta contratação irregular sem licitação em face da prefeitura de Lagoa de São Francisco, administrada pelo prefeito Veridiano Melo.

De acordo com a portaria nº 27/2019, o MPPI, considerou os termos da representação protocolada por Antônia Neura Alves de Mesquita, por meio da qual denunciou contratações de frete de veículo levados a efeito de forma irregular, ausente procedimento licitatório, figurando como prestadores de serviços Victor Acássio Barros Rodrigues e Rondinelle Cardoso Barros.

O órgão ministerial, considerou também a necessidade de apurar a situação relatada, para eventual responsabilização nos termos da Lei de Improbidade Administrativa, bem assim para a proteção do patrimônio público (material e imaterial).

“Sejam colhidos, junto ao TCE/PI, os pagamentos efetuados aos citados prestadores de serviço, entre 2013 e 2019, bem assim diligenciadas as respectivas notas de empenho. Seja requisitado ao Município de Lagoa de São Francisco a relação dos pagamentos efetuados aos referidos prestadores, no que se refere aquele lapso, bem assim as correlatas notas de empenho, esclarecendo sobre a existência de procedimento licitatório”, determinou o representante do Ministério Público do Piauí.

Outro lado

O Viagora procurou o gestor para falar sobre o assunto, mas até o fechamento da matéria o prefeito não foi localizado.

Fonte: www.viagora.com.br/noticias/promotor-investiga-prefeito-veridiano-melo-por-contrato-irregular-74891.html