Promotor expede recomendação ao secretário Florentino Neto

O Ministério Público do Piauí através do promotor Eny Marcos Vieira Pontes expediu recomendação em face do secretário de Saúde Florentino Neto para adequação e manutenção de aparelhos na maternidade Dona Evangelina Rosa.

O MPPI considerou que a Maternidade Dona Evangelina Rosa (MDER) é a maior maternidade do Estado do Piauí, sendo responsável por prestar assistência médica, hospitalar e ambulatorial, desenvolvendo as atividades especificas nas áreas de Obstetrícia Geral, Pré-Natal, Gravidez de Alto Risco, Revisão Puerperal, Neonatologia, Exames e Atividades Complementares.

Secretário Florentino Neto

Para o órgão ministerial, a Maternidade Dona Evangelina Rosa é, reconhecidamente, vital para o regular funcionamento da assistência materno infantil no Estado do Piauí, servindo de referência tanto em nível estadual como municipal;

O MPPI informou que em visita de inspeção realizada na MDER por esta Promotoria de Justiça, em 15 de agosto de 2019, foi relatado por profissionais da maternidade a quantidade insuficiente de sonares e aparelhos de cardiotocografia na instituição.

O órgão ministerial considerou ainda que segundo informações encaminhadas pela própria Direção da MDER são necessários para a ideal prestação dos serviços, levando em conta o tempo para a realização da manutenção dos aparelhos: 20 unidades detectores fetais de mesa; 20 unidades de fetais portáteis; 20 unidades de cardiógrafos e a necessidade de medidas urgentes, a fim de garantir a continuidade e a ideal assistência materno – infantil na Maternidade Dona Evangelina Rosa;

“Recomendar ao Secretário Estadual de Saúde e ao Diretor Geral da Maternidade Dona Evangelina Rosa – MDER que: 1- Adotem as medidas administrativas cabíveis para a contratação de empresa de manutenção dos detectores fetais de mesa, detectores fetais portáteis e cardiotocografos da Maternidade Dona Evangelina Rosa, e que encaminhem cópia do respectivo contrato para a 12ª Promotoria de Justiça – prazo: 60 (sessenta) dias; que adotem as medidas administrativas cabíveis para aquisição/manutenção dos detectores fetais de mesa, detectores fetais portáteis e cardiotocografos, de modo a garantir o quantitativo ideal de equipamentos e a devida assistência ao público da Maernidade Dona Evangelina Rosa – prazo: 90 (noventa) dias”, determinou o representante do Ministério Público.

Fonte: www.viagora.com.br/noticias/promotor-expede-recomendacao-ao-secretario-florentino-neto-76521.html