Procon apreende produtos de má qualidade em Bom Jesus e Corrente

O programa Procon Itinerante do Ministério Público do Piauí apreendeu produtos com prazo de validade vencida e carnes impróprias para o consumo durante fiscalizações em Bom Jesus e Corrente. A ação aconteceu nos dias 25, 27 e 28 de setembro.

De acordo com Arimatéa Marques, chefe de fiscalização do Procon, 22 supermercados e sete salões de beleza foram notificados por comercializar produtos e serviços sem preços.

O Procon averiguou o cumprimento da legislação que regula as relações entre empresas e clientes, em aspectos como a conservação de produtos, clareza nas informações fornecidas aos consumidores, entre outros pontos.

O programa também prestou serviços à população. Ao todo, foram realizados 107 atendimentos. Entre as áreas mais reclamadas estiveram os serviços essenciais (água, energia elétrica e telefonia), os serviços financeiros (bancos e cartões de crédito) e serviços privados (provedor de internet).

O Procon Itinerante tem como objetivo principal facilitar o acesso dos cidadãos piauienses ao órgão de proteção dos direitos do consumidor, possibilitando a resolução de demandas na área consumerista de forma rápida e eficaz. As ações foram realizadas com apoio dos promotores de Justiça Gilvânia Viana e Roberto Monteiro, que atuam nas duas Comarcas.