TSE emite a zerésima e verifica sistemas antes das eleições

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) realizou, neste sábado (1º), as etapas de verificação dos sistemas eleitorais usados no domingo (2). Uma delas é a emissão da zerésima do sistema de totalização de votos.

A zerésima é um relatório emitido antes do início da votação em cada seção eleitoral e atesta que não existe nenhum voto registrado na urna eletrônica para nenhum dos candidatos. Trata-se de um importante documento que atesta que não há fraudes e que o sistema é seguro.

Outros testes incluem a verificação de sistemas de transmissão, recebimento e totalização dos dados, bem como a checagem de que os sistemas que serão usados são os mesmos que foram devidamente lacrados no dia 2 de setembro. São procedimentos que contam com a participação de técnicos do tribunal e mostram a transparência do processo eleitoral. Todas as verificações foram feitas com sucesso e mostraram que não há irregularidades.

No domingo serão realizadas ainda outras etapas. Há a emissão da zerésima de todas as seções eleitorais do país, além do teste de integridade, em que as cédulas impressas e pré-preenchidas são digitadas por servidores da Justiça Eleitoral nas urnas, com acompanhamento de uma auditoria externa, como forma de garantir o funcionamento e a segurança dos equipamentos.

Também neste sábado o Ministério de Justiça e Segurança Pública informou que 34 pessoas foram presas desde segunda-feira (26), quando teve início a Operação Eleições, para averiguar denúncias de crimes eleitorais. Desde o início da da campanha eleitoral, em agosto, foram apreendidos R$ 3 milhões. Apenas neste sábado 11 pessoas foram presas, sete delas suspeitas de participar de crimes de compra de votos.

Continua após a publicidade

Fonte: https://veja.abril.com.br/politica/tse-emite-a-zeresima-e-verifica-sistemas-antes-das-eleicoes/