O que Witzel fará quando estiver cara a cara com Bolsonaro | Radar

Após serem atacados em rede nacional durante o pronunciamento do presidente sobre o coronavírus, os governadores Wilson Witzel e João Doria vão se reunir pela primeira vez com Jair Bolsonaro nesta quarta-feira.

Deixados por último para participar da série de reuniões sobre a crise sanitária convocadas pelo governo federal, Doria e Witzel foram acusados pelo presidente de causar “clima de terra arrasada”.

Witzel, que vem sendo ignorado pelo governo Bolsonaro, vai tentar colocar em prática a postura de pragmatismo que tem cobrado de Brasília e bater na tecla da PEC dos Fundos, que prevê que o governo direcione aproximadamente R$ 120 bilhões do patrimônio dos fundos extintos para lastrear empréstimos feitos por governos locais – um Fundo Ressegurador da Dívida Federativa, nas palavras do governador do Rio.

O encontro, que será por vídeo conferência, também terá a participação de Romeu Zema e de Renato Casagrande.

Fonte: veja.abril.com.br/blog/radar/o-que-witzel-fara-quando-estiver-cara-a-cara-com-bolsonaro