Filipe Martins testa positivo para coronavírus; comitiva tem 22 infectados

O assessor internacional da Presidência, Filipe Martins, testou positivo para o novo coronavírus. A informação foi confirmada a VEJA por fontes do Ministério das Relações Exteriores. Na sexta-feira 13, Martins, que integrou a comitiva do presidente Jair Bolsonaro na viagem aos Estados Unidos, havia realizado um primeiro teste, que resultou negativo.

Com isso, sobe para 22 o número de membros que integraram a comitiva de Bolsonaro ou tiveram contato com o grupo nos Estados Unidos que testaram positivo para o coronavírus. Na saída do Palácio do Alvorada nesta sexta-feira, 20, o presidente da República afirmou que “talvez” realize um terceiro teste – os dois primeiros deram negativo.

Além de Martins, foram diagnosticados com coronavírus Carlos França, chefe do cerimonial da Presidência da República; Alan Sellos, chefe do cerimonial do Itamaraty; e um auxiliar de Sellos. Também nesta quinta-feira, o presidente da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex), Sérgio Segovia, recebeu a contraprova de seu exame, que resultou positivo. “Fiz um teste na última sexta-feira cujo resultado foi negativo. Efetuei novo teste na última quarta-feira que resultou positivo. Estou me sentindo muito bem e sem qualquer sintoma”, disse Segovia a VEJA.

Saúdeimagem20-03-2020-13-03-23SaúdeAnvisa não recomenda hidroxicloroquina no tratamento do coronavírusPolíticaimagem20-03-2020-13-03-23PolíticaBolsonaro volta a criticar governadores por medidas contra o coronavírusSaúdeimagem20-03-2020-13-03-23Saúde‘Quero abraçar minha mãe’, diz empresário isolado por coronavírusMundoimagem20-03-2020-13-03-24MundoMortes por coronavírus em todo o mundo ultrapassam 10.000

  • Brasilimagem20-03-2020-13-03-25Brasil1Reviravolta no caso Gugu: novo documento pode encerrar disputa por fortunaEntretenimentoimagem20-03-2020-13-03-25Entretenimento2Silvia Abravanel pede demissão do SBT e pega Silvio Santos de surpresaPolíticaimagem20-03-2020-13-03-25Política3'Agora talvez seja tarde para reagir', critica Olavo de CarvalhoSaúdeimagem20-03-2020-13-03-26Saúde4Homem vindo da Itália para o Brasil testa positivo para coronavírus

    Os ministros do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, e de Minas e Energia, almirante Bento Albuquerque, foram diagnosticados com o coronavírus. Além dos 22 já diagnosticados, o prefeito de Miami, Francis Suarez, que teve contato com a comitiva presidencial, também foi diagnosticado.

    Confira a lista de todos os integrantes da comitiva infectados: – General Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional); – Almirante Bento Albuquerque (Minas e Energia); – Deputado federal Daniel Freitas (PSL-SC); – Senador Nelsinho Trad (PSD-MS); – Filipe Martins, assessor internacional da Presidência; – Almirante Sérgio Segovia, presidente da Apex; – Carlos França, chefe do cerimonial da Presidência da República; – Alan Séllos, chefe do cerimonial do Itamaraty; – Major Cid, chefe da ajudância de ordens da Presidência; – Coronel Suarez; diretor do Departamento de Segurança Presidencial; – Flavio Roscoe, presidente da Federação das Indústria do Estado de Minas Gerais (Fiemg); – Marcos Troyjo, secretário especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia; – Robson Braga de Andrade, presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI); – Fabio Wajngarten, secretário de Comunicação da Presidência da República (Secom); – Nestor Forster, encarregado de negócios do Brasil nos Estados Unidos; – Samy Liberman, secretário Especial Adjunto de Comunicação Social da Presidência; – Sérgio Lima, publicitário que trabalha com a família Bolsonaro na criação do partido Aliança pelo Brasil; – Karina Kufa, advogada de Jair Bolsonaro; – Quatro integrantes da equipe de apoio da comitiva.

    Fonte: veja.abril.com.br/politica/filipe-martins-testa-positivo-para-coronavirus-comitiva-tem-22-infectados