Cid Gomes deixa a UTI e é transferido para a enfermaria  | VEJA

O senador licenciado Cid Gomes (PDT-CE), baleado nesta quarta-feira, em Sobral, após avançar com uma retroescavadeira contra o portão de um quartel tomado por policiais amotinados, recebeu alta hospitalar da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital do Coração da cidade na manhã desta quinta-feira, 20.

O boletim afirma que Cid Gomes deu entrada no hospital “vítima de ferimento por arma de fogo no hemitórax esquerdo”. “Após atendimento inicial, evoluiu sem intercorrência nas últimas horas, mantendo-se hemodinamicamente estável e com padrão respiratório normal, não mais necessitando de cuidados de terapia intensiva, recebendo, portanto, alta para a enfermaria”, diz a nota, assinada por Joaquim David Carneiro Neto, diretor técnico do Hospital do Coração.

  • Relacionadas
  • Mais Lidas

Políticaimagem23-02-2020-09-02-45PolíticaTiros em Cid Gomes ilustram tensão crescente entre PM e governo do CearáBrasilimagem23-02-2020-09-02-45Brasil‘Tô aqui desarmado e vou enfrentar’, avisou Cid antes de ser baleadoBrasilimagem23-02-2020-09-02-46BrasilMoro manda Força Nacional reforçar policiamento no CearáEconomiaimagem23-02-2020-09-02-49EconomiaFederação de petroleiros recomenda suspensão da greve na Petrobras

  • Entretenimentoimagem23-02-2020-09-02-49Entretenimento1BBB 20: Público pede expulsão de participante após polêmica em festaBrasilimagem23-02-2020-09-02-50Brasil2Namorado de Gugu Liberato entra na briga pela herançaEntretenimentoimagem23-02-2020-09-02-52Entretenimento3Silvia Abravanel pede demissão do SBT e pega Silvio Santos de surpresaEntretenimentoimagem23-02-2020-09-02-52Entretenimento4Como Manu Gavassi levou Chay Suede para dentro do BBB e expôs a Globo

    Sobral, reduto do clã Ferreira Gomes, é uma das principais cidades do Ceará onde ocorre motim dos policiais militares do estado. Depois de participar de uma carreata ao lado de apoiadores, Cid Gomes se dirigiu a um dos quarteis tomados por policiais amotinados. Antes de ser atingido por dois tiros, o irmão de Ciro Gomes avançou contra uma concentração de homens encapuzados.

    Depois do dramático episódio, o ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro autorizou o envio da Força Nacional de Segurança Pública “para colaborar com as forças de segurança estaduais na garantia da lei e da ordem”.

    Fonte: veja.abril.com.br/politica/cid-gomes-deixa-a-uti-e-e-transferido-para-a-enfermaria