Cid Gomes contra policiais amotinados | VEJA

Não há lado certo quando se avalia o que fez Cid Gomes e o que realizou a polícia. Não se espera que policiais armados façam greve, circulem mascarados no centro de uma cidade mandando fechar o comércio, tampouco se amotinem contra um acordo salarial celebrado entre seu empregador, o governo de estado, e sua corporação. Por outro lado, não é papel de um senador dirigir um trator com a finalidade de intimidar e eventualmente atropelar policiais amotinados.

O autocontrole deixou de existir no Brasil. Ele é a base do decoro. Bolsonaro é o grande responsável por essa deterioração de nosso padrão de relacionamento político. Não é de hoje que as polícias se rebelam em demandas salariais, mas agora elas têm a autorização tácita do presidente da República. Não é de hoje que os irmãos Gomes se descontrolam publicamente, a diferença é que agora eles têm Bolsonaro como exemplo.

A pergunta clássica é: onde vamos parar?

Em algum momento retornaremos à normalidade. A grande maioria dos políticos que valoriza e pratica o autocontrole. Vários deles irão disputar as próximas eleições. Ficará nas mãos dos brasileiros a escolha entre a falta de decoro e o retorno da convivência civilizada. Até lá Bolsonaro e seus seguidores só serão detidos em sua sanha desrespeitosa se houver controle externo.

Fonte: veja.abril.com.br/blog/alberto-carlos-almeida/cid-gomes-contra-policiais-amotinados