A contagem de votos para Pacheco a uma semana da eleição no Senado

A apenas uma semana para a eleição à presidência do Senado, aliados de Rodrigo Pacheco (PSD-MG) veem o cenário da disputa contra Rogério Marinho (PL-RN) e Eduardo Girão (Podemos-CE) sem grandes alterações.

O prognóstico é que o atual presidente da Casa contaria com cerca de 55 votos no próximo dia 1º de fevereiro. Há dois anos, ele foi eleito com 57 votos, 16 a mais que os 41 necessários.

O otimismo se deve ao apoio já demonstrado por integrantes das bancadas do PSD, do PT de Lula, do PDT — que apoiou publicamente sua reeleição nesta segunda —, do MDB, do PSB, da Rede, do PSDB e do União Brasil.

A estimativa dos aliados de Pacheco é que Marinho, candidato do ex-presidente Jair Bolsonaro, teria entre entre 22 e 24 votos, enquanto Girão contaria com dois ou três.

Continua após a publicidade

Fonte: https://veja.abril.com.br/coluna/radar/a-contagem-de-votos-para-pacheco-a-uma-semana-da-eleicao-no-senado/