Onyx recorre a Maia para adiar sua convocação na CCJ

O ministro Onyx Lorenzoni, da Casa Civil, continua a insistir em não ir à CCJ da Câmara para falar do decreto das armas do presidente, convocação marcada para 14h de hoje.

Além de enviar ofício à comissão pedindo adiamento para o final do mês por conta da agenda de Bolsonaro, que não foi votado até esse momento, o ministro recorreu a Rodrigo Maia.

Ele fez contato com o presidente da Câmara e pediu sua ajuda.

“Requeiro a V. Exª que conheça da justificativa por mim apresentada e determine o agendamento de nova data para a sessão” – escreveu Onyx a Maia.

 

Fonte: veja.abril.com.br/blog/radar/onyx-recorre-a-maia-para-evitar-convocacao-na-ccj