OAB Piauí discute situação dos venezuelanos em Teresina

A Presidente da Comissão de Promoção à Cidadania da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Piauí, Justina Vale, integrou da reunião, juntamente com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Assistência Social, Direitos Humanos e Trabalho (SASC). O encontro aconteceu na última quinta-feira (07) e tratou da situação dos venezuelanos refugiamos em Teresina.

A reunião teve como objetivo montar novas estratégias e planos de ações para melhorar o atendimento dos venezuelanos que vieram para Teresina. Atualmente a capital abriga aproximadamente 150 estrangeiros, divididos em três grupos, entre os quais 80 são crianças e adolescentes.

Os governos estadual e municipal tiveram que acionar a ONU para ajudá-los a conduzir a situação dos venezuelanos. A entrada dos venezuelanos no Brasil está acontecendo principalmente por meio do estado de Roraima que conta hoje com 13 abrigos e acolhe mais de seis mil venezuelanos.

Em caso de pessoas, brasileiras ou não-brasileiras, em situação de vulnerabilidade social ou violação de direitos em Teresina, a população pode entrar em contato com o município pelo número 153. Quem desejar fazer doações de alimentos específicos para o grupo de venezuelanos, deve fazer a entrega dos donativos na sede do MP3, que fica localizado na Avenida Professor Valter Alencar, 762, no bairro São Pedro ou entrar em contato pelo telefone: 3227-5553.

Fonte: www.viagora.com.br/noticias/oab-piaui-discute-situacao-dos-venezuelanos-em-teresina-74873.html