Sondagens dão vitória a Lukashenko

Na Bielorrússia as sondagens à boca das urnas dão a vitória ao presidente Lukashenko com 79,7% dos votos contra 6,8% para a principal candidata da oposição, Sviatlana Tsikhanouskaya.

A confirmarem-se as projeções avançadas por uma organização acreditada pelo governo, Lukashenko garante assim um sexto mandato à frente do país que lidera desde 1994.

A eleição decorreu em clima de tensão. Várias figuras da oposição foram detidas pelas autoridades nos últimos dias, entre elas a chefe de campanha da principal candidata da oposição.

A imprensa também não foi poupada à vaga de detenções. Antes da abertura das urnas, vários jornalistas de um canal russo de televisão foram detidos pelas autoridades.

Reagindo às detenções, a porta-voz do ministério russo dos negócios estrangeiros afirmou que os jornalistas não se encontravam devidamente acreditados.

O ato eleitoral foi marcado por uma forte presença militar nas ruas da capital, Minsk.

Segundo dados divulgados pela comissão eleitoral, ao meio-dia, hora local, a taxa de afluência situava-se nos 54%.

Fonte: pt.euronews.com/2020/08/09/urnas-ja-encerraram-na-bielorrussia

Coronavírus em Tempo Real