Protestos violentos em Lesbos

A polícia de Lesbos utilizou gás lacrimogéneo para dispersar uma manifestação de migrantes que pediam abrigo e melhores condições.

Depois do incêndio que destruiu o campo de Moria, muitos dormem na estrada principal da ilha grega. Acreditam que se conseguirem chegar ao porto, o governo será forçado a transferi-los para o continente.

Atenas rejeita a transferência de todos os refugiados e já construiu um acampamento temporário num espaço aberto com cerca de 3 mil tendas. A transferência deve começar este domingo mas a solução não agrada à maioria dos migrantes. Dizem que nenhum “novo” campo de Moria os pode manter na ilha. Querem ser transferidos para o continente e pedem aos Estados membros da União Europeia solidariedade e compaixão.

O incêndio destruiu 80% do recinto daquele que era considerado o pior campo de refugiados da Europa. Construído para cerca de 3 mil pessoas, chegou a albergar quase 20 mil.

Fonte: pt.euronews.com/2020/09/12/protestos-violentos-em-lesbos

Coronavírus em Tempo Real