Protesto contra certificado digital junta 15 mil pessoas em Paris

Mais de 200 mil pessoas manifestaram-se em toda a França contra a limitação de acessos a quem não tenha “certificado digital”. Só em Paris, foram perto de 15 mil os manifestantes a sair à rua. Foram registados confrontos com a polícia.

Embora a taxa de vacinação em França continue lenta e apesar do aumento no número de casos, há uma grande parte da população que não quer ser vacinada. Há outra fatia ainda maior que não concorda com a liberdade limitada a quem não tem vacinação completa.

Também na Suíça mais de 4 mil pessoas reuniram-se em Lucerna contra a vacina e as restrições impostas a quem não está vacinado. Aconteceram protestos semelhantes em Genebra, onde cerca de 1.000 pessoas participaram numa manifestação com o mesmo mote: Afirmam que as restrições são um ataque às liberdades civis.

Em Itália aconteceram dois protestos, um organizado por grupos políticos e outro por proprietários de bares e restaurantes. Ambos os encontros aconteceram em Roma. Os manifestantes estão contra as restrições impostas pelo governo a pessoas não vacinadas.

Em Itália, a partir de 6 de agosto, o certificado digital vai ser obrigatório para entrar em cinemas, museus, piscinas cobertas, estádios desportivos, ou, por exemplo, para comer em restaurantes.

Fonte: pt.euronews.com/2021/08/01/protesto-contra-certificado-digital-junta-15-mil-pessoas-em-paris