Prémio Sakharov retirado a Aung San Suu Kyi

Aung San Suu Kyi foi considerada um símbolo de liberdade e democracia – o que lhe valeu o Prémio Sakharov de Direitos Humanos em 1990. Trinta anos depois, na opinião do Parlamento Europeu a líder do Myanmar já não representa esses valores e decidiu excluí-la da “comunidade” dos vencedores do prémio.

Os eurodeputados acusam-na de inércia face aos crime cometidos contra a comunidade Rohingya. A minoria muçulmana na antiga Birmânia tem sido alvo de abusos nos últimos anos. É a primeira vez que uma personalidade é excluída da “comunidade” dos vencedores do Prémio Sakharov.

Fonte: pt.euronews.com/2020/09/10/premio-sakharov-retirado-a-aung-san-suu-kyi-

Coronavírus em Tempo Real