Plantas para perfumaria impulsionaram acordo entre Egito e Mercosul

Foto: Reprodução/Folha de São Paulo 06 de setembro de 2020 | 14:20 mundo

As exportações brasileiras para o Egito cresceram mais de 20% desde que o acordo de livre comércio entre o país e o Mercosul entrou em vigor, em setembro de 2017, segundo a CNI (Confederação Nacional da Indústria). Já as importações subiram 75%.

Mais de 2.000 produtos tiveram as tarifas de importação eliminadas no acordo. Tijolos e ladrilhos são alguns dos mais exportados ao Egito. Plantas, sementes e frutos para perfumaria são os mais importados ao Brasil. A partir de setembro, outros 463 itens do Mercosul enviados ao país africano, e 719 importados pelo bloco, terão isenção, diz a CNI.

Folha de S. Paulo

Fonte: politicalivre.com.br/2020/09/plantas-para-perfumaria-impulsionaram-acordo-entre-egito-e-mercosul

Coronavírus em Tempo Real