Partido de Putin é o mais votado e comunistas os que mais crescem nas eleições russas – Hora do Povo

Zyuganov, líder do PC da Federação Russa, atribuiu desempenho do partido a programa para enfrentar dificuldades nacionais e melhorar a vida do povo (Sputnik/Maxim Blinov)

O partido Rússia Unida do presidente Vladimir Putin obteve 49,83 % dos votos nas eleições para a renovação da Duma Estatal (câmara baixa do parlamento russo), informou a Comissão Eleitoral Central (CEC), nesta segunda-feira (20).

O Partido Comunista ficou em segundo lugar com 18,94 % das preferências, superando os 13,34 % que tinha obtido nas eleições de 2016.

O secretário-geral do partido governista, Andrei Turchak, afirmou que a sigla conseguiu 315 cadeiras de um total de 450 na Câmara Baixa do Parlamento (Duma), o que lhes permite reformar a Constituição sem depender de outras forças políticas. As cadeiras colhidas pelo partido do Kremlin tiveram um recuo em relação às 334 de cinco anos atrás.

Também estarão presentes na Duma o Partido Liberal Democrata que ficou em terceiro lugar com 7,52%, o “Rússia Justa ” com 7,47% e “Pessoas novas” com 5,33%.

Para entrar no parlamento russo, pelo sistema proporcional, os partidos devem superar a barreira dos 5% dos votos. “Cinco partidos políticos passam para a Duma após as eleições, o que é uma expansão da diversidade política na Rússia”, constatou a chefe da Comissão Eleitoral Central, Ella Pamfilova, na segunda-feira (20), registrando que nas eleições anteriores só 4 agremiações tinham conseguido o feito.

Neste ano, as eleições para a Duma Estatal foram realizadas pela primeira vez em um novo formato de três dias para evitar aglomerações e problemas por conta da pandemia. 19 de setembro foi o principal dia de votação e 17 e 18 de setembro adicionais. Em sete regiões do país foi possível votar tanto online quanto pessoalmente nas seções eleitorais. A possibilidade de votação eletrônica foi fornecida aos residentes das regiões de Moscou, Murmansk, Kursk, Nizhny Novgorod, Rostov, Yaroslavl e Sebastopol.

“Claro, gostaria de dirigir palavras especiais de gratidão aos cidadãos da Rússia. Obrigado por sua confiança, queridos amigos, por sua posição de vida ativa. Na verdade, uma participação acima de 51% dos que têm direito ao voto nesta difícil situação é muito mais do que os 47% nas últimas eleições”, expressou Vladimir Putin.

O líder do Partido Comunista da Federação Russa (CPRF), Gennady Zyuganov, afirmou o fortalecimento de seu partido nestas eleições legislativas de 2021.  “O Partido Comunista, junto com as forças patrióticas de esquerda, teve um desempenho bastante bem-sucedido nessas eleições”, declarou, explicando que “a razão é que o partido apresentou um programa completo, um orçamento de desenvolvimento e leis-chave que ajudarão o país a sair de uma crise sistêmica e embasar um crescimento que favoreça os trabalhadores e o conjunto do povo”, assinalou.

As eleições foram realizadas segundo um sistema eleitoral misto, no qual metade dos deputados (225) são eleitos pelo sistema majoritário (por meio de eleições nos distritos) e a outra metade, pelo sistema proporcional (por listas partidárias).

Os partidos que não superam a barreira dos 5%, mas obtêm mais de 3% dos votos recebem apoio financeiro do orçamento do estado: 110 rublos (US $ 1,7) para cada voto.

Fonte: horadopovo.com.br/partido-de-putin-e-o-mais-votado-e-comunistas-os-que-mais-crescem-nas-eleicoes-russas