Gata de quase 27 anos ganha título de mais velha do mundo pelo Guinness

A gatinha britânica Flossie tem o equivalente a 120 anos de um ser humano. Espécie vive, em média, de 12 a 18 anos. Gata de quase 27 anos ganha título de felina mais velha do mundo
Guinness World Records
Pouco antes de seu aniversário de 27 anos, uma gata britânica chamada Flossie foi oficialmente reconhecida, no último dia 24, como a mais velha de sua espécie pelo Guinness World Recordes, o Livro dos Recordes, em português.
Um gato vive, em média, de 12 a 18 anos.
Flossie nasceu em 1995 e tem, atualmente, 26 anos e 316 dias, o equivalente a 120 anos de um ser humano.
Segundo o Guinness, a gata está com boa saúde, embora tenha deficiência visual e auditiva.
Flossie, que tem coloração marrom e preta, conheceu diferentes lares ao longo de sua longa vida. Apesar disso, tem um temperamento gentil e adora carinho e comida, diz a sua atual dona Vicki Green.
Vicki Green com a gatinha Flossie, a mais velha do mundo.
Guinness World Records
Vicki, diz que, apesar da idade avançada, Flossie ainda é brincalhona e curiosa e não se incomoda com a surdez, além de se adaptar rapidamente a novos ambientes, mesmo com a falta de visão.
Ela cochila junto com a sua dona, gosta de ficar enrolada em seu cobertor amarelo e de desfrutar de uma bela e grande tigela de comida. “Ela nunca torce o nariz para a chance de uma boa refeição”, diz Vicki.
Flossie, contudo, ainda não ultrapassou o recorde do gato que ficou por mais tempo vivo. Este foi batido por Creme Puff, um gato que viveu 38 anos e 3 dias. Nascido no Texas, ele morava com o seu dono, Jake Perry no Texas, EUA.
Puff nasceu em 3 de agosto de 1967 e morreu no dia 6 de agosto de 2005.
Trajetória de Flossie
Flossie
Guinness World Records
Depois de passar por diferentes lares, Flossie foi entregue em agosto de 2022 aos cuidados da Cats Protection, a principal instituição de caridade para gatos do Reino Unido.
“Ficamos boquiabertos quando vimos que os registros veterinários de Flossie mostravam que ela tinha 27 anos”, disse Naomi Rosling, coordenadora da filial da Cats Protection, após a descoberta.
Recentemente, o futuro de Flossie tomou um rumo incerto: em 2022 ela se viu sem teto, após mais de 26 anos em diferentes lares.
Como a maioria dos donos de gatos prefere adotar um gato muito mais jovem, Flossie parecia destinada a ficar com a Cats Protection, enfrentando a possibilidade de passar o resto de sua vida procurando um lar.
No entanto, ela conheceu a sua atual dona Vicki, uma assistente executiva, que, apesar de ter experiência em cuidar de gatos idosos, não tinha ideia de que receberia em sua casa uma recordista.
O encontro marca um feliz, e talvez inesperado, próximo capítulo da longa vida de Flossie.

Fonte: https://g1.globo.com/mundo/noticia/2022/11/27/gata-de-quase-27-anos-ganha-titulo-de-mais-velha-do-mundo-pelo-guinness.ghtml