Foge do lar para não ser julgada

Na Alemanha, uma antiga secretária de um campo de concentração nazi tentou fugir antes de ser julgada.

Irmgard Furchner tem 96 anos e era esperada na manhã desta quinta-feira no tribunal. Segundo os meios de comunicação alemães, saiu do lar de idosos onde vive e apanhou um táxi em direção a uma estação de metro nos arredores e Hamburgo.

As autoridades emitiram um mandado de detenção a a mulher foi apanhada horas depois. É acusada de cumplicidade em mais de 11 mil mortes no campo de extermínio de Stutthof, na Polónia ocupada.

O processo contra Furchner baseia-se num precedente legal alemão, estabelecido na última década, que diz que qualquer pessoa que tenha ajudado nos campos de concentração nazis pode ser processada.

Apesar da idade avançada, Furchner deverá ser julgada no tribunal juvenil porque tinha menos de 21 anos na altura dos alegados crimes. Os advogados de defesa apoiam a tese de que Furchner não tinha “conhecimento” das atrocidades que aconteceram no campo.

Esta quinta-feira, o historiador Efraim Zuroff, conhecido por perseguir nazis, disse que “quem tem saúde para fugir tem saúde para ir para a prisão”.

Fonte: pt.euronews.com/2021/09/30/foge-do-lar-para-nao-ser-julgada