Equador diz que explosão mortal em Guayaquil está ligada a facções criminosas

Foto: Divulgação via REUTERS

O governo do Equador autorizou forças de segurança em Guayaquil a realizar inspeções em casas como parte de um novo estado de emergência, disse o ministro do Interior, depois que um ataque com explosivos matou cinco pessoas no fim de semana.

A explosão no bairro operário de Cristo del Consuelo na manhã de domingo foi classificada como um ato terrorista pelas autoridades, que culpam gangues criminosas. Outras 17 pessoas ficaram feridas.

O governo há muito diz que o aumento da violência no país é causado por brigas entre facções que buscam controlar as rotas do tráfico de drogas para os Estados Unidos e a Europa.

O presidente Guillermo Lasso declarou estado de emergência na cidade litorânea após a explosão, mobilizando um maior número de forças de segurança em uma força-tarefa que funcionará por 30 dias.

“Uma das principais medidas do decreto é a suspensão da inviolabilidade do lar, porque é importante coletar muitas informações”, disse o ministro do Interior, Patricio Carrillo, a jornalistas em Guayaquil.

“Há várias linhas de investigação em que estamos trabalhando”, afirmou ele. “Isso tem a ver com economias ilegais.”

Fote: https://www.cnnbrasil.com.br/internacional/equador-diz-que-explosao-mortal-em-guayaquil-esta-ligada-a-faccoes-criminosas/