Conflito na Etiópia exige corredor humanitário

A Agência da ONU para os Refugiados diz que aproximadamente 32 mil pessoas fugiram da região de Tigray, na Etiópia, para o vizinho Sudão e prepara-se para receber até 200 mil refugiados nos próximos seis meses, se necessário.

As pessoas só querem comer. Dizem:“ Não morremos na guerra, será possível que vamos morrer de fome?”. Há muita coisa que não compreendemos. Khawaga Spia Refugiado etíope

A ONU exige urgentemente um corredor humanitário já que 45% dos refugiados são menores. As forças do governo regional e o Exército da Etiópia estão em conflito desde 4 de novembro. Tigray permanece isolada, sem telecomunicações e com as estradas cortadas.

Fonte: pt.euronews.com/2020/11/21/conflito-na-etiopia-exige-corredor-humanitario

Coronavírus em Tempo Real