Chilenos fazem panelaço contra veto de Piñera a ajuda durante pandemia

Panelaço ecoou em Santiago e principais cidades chilenas (Infobae)

Um massivo e barulhento panelaço sacudiu a noite de Santiago e inúmeras cidades chilenas na noite de terça-feira (20) em repúdio à decisão do presidente Piñera de barrar um projeto de lei que permitiria uma terceira retirada de 10% da poupança das aposentadorias.

Convocado pelas redes sociais para as 20h30, o chocalho de panelas e frigideiras retumbou com força, demonstrando a massiva desaprovação à covarde asfixia.

Os protestos contra o modelo de capitalização da Previdência, que está levando os idosos à miséria – uns por não conseguir se aposentar, outros por ganhar menos de um salário mínimo por mês – já vinham desde a chegada da pandemia.

Diante da necessidade emergencial da retirada dos recursos, o governo tem capitulado e se alinhado às Administradoras dos Fundos de Pensão (AFP), grandes grupos privados nacionais e internacionais que potencializam seus lucros às custas da exploração das aposentadorias.

Antes mesmo da pandemia – que já matou mais de 25 mil pessoas – oito a cada dez novos pensionistas do país não conseguiam obter através do sistema, criado durante a ditadura de Pinochet de autofinanciamento,  uma aposentadoria acima da linha da pobreza.

A retirada dos fundos de pensão é visto por milhões de pessoas como o salvavidas para enfrentar a precária situação econômica derivada da pandemia – o PIB chileno encolheu 5,8% em 2020 -, frente à precária e escassa ajuda oferecida pelo governo.

Para exigir que sejam socorridos pelo seu próprio dinheiro neste momento de agravamento da pandemia, os idosos e os apoiadores alastraram o panelaço por importantes cidades como Arica, Calama, Viña del Mar, Valparaíso, Concepción, Puerto Montt e Punta Arenas.

Demonstrando que o atendimento à população não é a prioridade, helicópteros policiais sobrevoaram Santiago com as luzes apagadas, enquanto as rádios informavam que vizinhos relatavam como nos bairros e nas principais avenidas da capital eram montadas barricadas e acesas fogueiras, em meio a dezenas de manifestações.

Fonte: horadopovo.com.br/chilenos-fazem-panelaco-contra-veto-de-pinera-de-ajuda-durante-pandemia