Lançamento do catálogo da exposição “Fernando Costa: Da Santa Ceia e Outros Avulsos

Sábado, dia 07 de dezembro, às 09h será o lançamento do catálogo da exposição “Fernando Costa: Da Santa Ceia e Outros Avulsos” na Galeria de Artes Visuais do Mercado Velho. O catálogo, pensado em formato de livreto com 48 páginas que narram um pouco sobre a vida e obra do artista será vendido pelo preço promocional de cinco reais (R$ 5,00).

A narrativa foi desenvolvida graças aos relatos da família do artista em diálogo com as obras que ficaram expostas na  na Galeria do Mercado Velho durante o mês de novembro na exposição “Fernando Costa: Da Santa Ceia e Outros Avulsos”. O espaço é mantido pela Prefeitura de Teresina por meio da FMC e tem servido como espaço de diálogo para os artistas visuais.

fernando costa

Segundo Guga Carvalho, Fernando Costa foi um artista que produziu intensamente e mesmo tendo uma morte prematura o legado do artista revela o seu olhar diante da realidade vivida naquele período. Fernando Costa produziu um material diversificado mesmo que suas obras sejam apenas bidimensionais.

fernando costa

O artista nasceu na década de 1960 e começou a explorar o desenho usando pedaços de carvão como instrumentos para rascunhas nas calçadas. Além de desenhista ele foi pintor, gravador e ilustrador. O artista teresinense começou a desenhar usando como instrumento  para rabiscar calçadas.

O artista fez estudos de bico de pena com Marcos Cremonese e de gravura com Antonio Thyrso, em 1979.

Participações em exposições

Coletiva

Inauguração da Galeria Des. Cromwel de Carvalho, Teresina (1979); Galeria Encetur – Garden, Ceará (1976); Artistas piauienses no Rio Grande do Sul (1978); Artistas piauienses e pernambucanos no Teatro 4 de Setembro (1978); Artistas piauienses em Brasília (1978); Centro de Convenções do Piauí (1979); Caesar Park Hotel, Rio de Janeiro (1983); Salão de Artes Plásticas, Teresina (1977-78) ; I Salão da UFPI (1977), onde ganhou o primeiro prêmio em desenho; Projeto Arco Íris, reunião de artistas piauienses e maranhenses, Rio de Janeiro (1978); I Encontro com a Cultura brasileira (1978); Salão Nacional MAM, Rio de Janeiro (1980); POSTER BRIGAD, Califórnia (1980); II Mostra de Desenho Brasileiro, Curitiba (1981); VII Salão de Artes Plásticas do Piauí, onde conquistou o primeiro prêmio em desenho (1981); 38º Salão Paranaense (prêmio em desenho), Curitiba (1981); I Salão Nacional de Humor do Piauí (1982); Salão Nacional de Artes Plásticas do Ceará (convidado especial), Ceará (1982); Salão de Artes de Santo André, São Paulo (1984); Artistas Brasileiros Pelas Diretas – Folha de São Paulo (1984); “Cuiabá uma cidade como você imagina”, (1984); Prêmio Shandon Arte e Vinho (prêmio aquisição); Itinerário Rio/São Paulo/Brasília (1985); Salão de Artes de São Paulo (1986).

Individuais

Galeria Des. Cromwel de Carvalho (1976); Galeria de UM’DART, Teresina (1979); “Fernando Costa: Da Santa Ceia e Outros Avulsos”, Teresina (2019).

Fonte: www.geleiatotal.com.br/2019/12/06/lancamento-do-catalogo-da-exposicao-fernando-costa-da-santa-ceia-e-outros-avulsos