Justiça dos EUA descarta acusar Cristiano Ronaldo de estupro

Cristiano Ronaldo não terá de responder a acusações por uma denúncia de estupro na cidade americana de Las Vegas, informou nesta segunda-feira, 22, a promotoria em um comunicado. “Baseado na revisão da informação apresentada, as alegações de abuso sexual contra Cristiano Ronaldo não podem ser provadas para além de qualquer dúvida razoável”, destacou o texto.

A modelo Kathryn Mayorga, hoje com 35 anos, assegurou que o cinco vezes ganhador da Bola de Ouro a forçou a fazer sexo em 13 de junho de 2009 em seu quarto de um hotel de Las Vegas, apesar de ela ter rejeitado as investidas dele.

 

O processo só foi aberto nove anos depois, com base em um documento em que o astro da Juventus teria apresentado para manter o sigilo da modelo no caso em troca de mais de 1 milhão de reais. Em janeiro deste ano, a polícia de Las Vegas solicitou às autoridades italianas uma amostra de DNA de Cristiano Ronaldo.

O atacante de 34 anos sempre negou as acusações. “Aguardarei com tranquilidade o resultado de quaisquer investigações e processos, pois nada me pesa na consciência. Nego terminantemente as acusações de que sou alvo. Considero a violação um crime abjeto, contrário a tudo aquilo que sou e em que acredito. Não vou alimentar o espetáculo midiático montado por quem quer se promover à minha custa”, publicou Cristiano Ronaldo, em outubro do ano passado. 

Fonte: veja.abril.com.br/placar/justica-dos-eua-descarta-acusar-cristiano-ronaldo-de-estupro