Investigação criminal mira a Gran Petro

A Gran Petro, que detém 5% do mercado de etanol de São Paulo, virou alvo do Ministério Público do estado.

A distribuidora é investigada por crime tributário, por receber entre janeiro e dezembro de 2013 R$ 12,9 milhões em mercadoria sem documentação fiscal.

O MP afirma que pela transação a empresa deixou de recolher R$ 2,3 milhões em ICMS.

A coluna procurou a empresa, mas não obteve retorno.

Fonte: veja.abril.com.br/blog/radar/investigacao-criminal-mira-a-gran-petro