Guerra no PSL revela apoio artificial de Bolsonaro nas redes

A crise entre o presidente Jair Bolsonaro e o PSL, sigla pelo qual foi eleito, dividiu o Twitter, de acordo com levantamento inédito da consultoria Levels, que analisou cerca de 358 mil tuítes.

Cerca de 60% das mensagens são em defesa do governo Bolsonaro, após ameaça de implosão do presidente, por parte do deputado Delegado Waldir. Curiosamente, ao analisar-se a presença desta rede em número de usuários únicos mobilizados o número cai para 40,27%, indicando a existência de mensagens automáticas por parte de bots.

A rede de oposição ao governo é responsável por 39,48% das mensagens monitoradas. Em usuários mobilizados esse número sobe para 59,69%.

Fonte: veja.abril.com.br/blog/radar/guerra-no-psl-revela-apoio-artificial-de-bolsonaro-nas-redes