Wellington assina termo de retomada das obras do novo hospital de Picos

O governador Wellington Dias, juntamente com os secretários de Estado da Saúde, Florentino Neto, e da Fazenda, Rafael Fontelles, assinou, nesta quinta-feira (9), o termo de retomada das obras do novo hospital público de Picos. A unidade, conhecida como Centro de Referência Médica, terá leitos para tratamento da Covid-19 e funcionará como hospital-escola.

O hospital contará com uma estrutura moderna de 152 leitos de internação, dez leitos de UTI pediátrica, dez leitos de UTI adulto, cinco salas de cirurgia de alta complexidade, central de processamento de resíduos, quatro salas de parto normal, auditório com 150 lugares, refeitório e biblioteca. Serão investidos na obra recursos no valor de R$ 29 milhões, inclusive emendas do deputado federal Assis Carvalho, falecido semana passada.

A unidade atenderá cerca de 500 mil pessoas, de 60 municípios piauienses. “Esse projeto foi concebido há alguns anos, tivemos alguns problemas no andamento, mas conseguimos resolver e agora a obra só vai parar quando for concluída, pois os recursos estão assegurados. O estado investirá fortemente para que seja um centro de alta complexidade. Também iremos adquirir novos equipamentos que irão viabilizar o funcionamento adequado do hospital”, disse o secretário Florentino Neto.

Além do atendimento à população, a unidade servirá também como um hospital-escola de média e alta complexidade, tendo em vista que receberá acadêmicos do curso de medicina da Universidade Federal do Piauí (UFPI) de Picos.

“Esse hospital é o sonho do município e vai ser muito importante para suprir a demanda, que é enorme, pois atendemos toda a região do Vale do Guaribas. Agradecemos o empenho do governo, da Sesapi e da bancada federal para que o hospital se torne realidade. Que possamos brevemente estar reunidos para inaugurar esta obra, que vai afetar positivamente na vida de tanta gente”, pontuou o prefeito de Picos, padre José Valmir.

Segundo Wellington Dias, além do novo hospital de Picos, um conjunto de obras na área da saúde será executado. Ao todo serão investidos R$311 milhões, oriundos dos recursos do Programa Pro Piauí 2. “Esses recursos serão destinados para reformas dos hospitais do estado e aquisição de equipamentos. Destaco ainda que, por meio do Pro Piauí 2, teremos um volume significativo de investimentos nas áreas de educação, social e segurança pública. Vamos fazer deste o maior programa de investimentos do Piauí”, afirmou o governador.

Ccom

Coronavírus em Tempo Real