SOS Mata Atlântica cobra agenda ambiental a candidatos

A SOS Mata Atlântica apresentou nesta quinta, 10, um manifestos aos candidatos e pré-candidatos a prefeito e vereador das . No documento, a fundação pede compromisso dos candidatos com a conservação da e reforça a implementação do Plano Municipal de Conservação e Recuperação da Mata Atlântica (PMMA), instrumento da Lei da Mata Atlântica elaborado pelas prefeituras e aprovado pelo Conselho Municipal de Meio Ambiente. “Para promover um verdadeiro desenvolvimento sustentável, está mais do que na hora de reforçar a pauta ambiental como prioridade nas eleições municipais”, diz a ONG.

imagem10-09-2020-20-09-55
imagem10-09-2020-20-09-55

Foto: Germano Woehl Jr – Instituto Rã-bugio

Além do apoio ao PMMA, a organização elenca ações e metas concretas para os próximos mandatos. As ações se dividem em quatro pilares: Mata Atlântica e Clima; Restauração da Floresta; Valorização de Parques e Reservas; e Água Limpa. “Por meio desses instrumentos, a agenda ambiental será fortalecida na gestão municipal e contribuirá para o cumprimento não só da Lei da Mata Atlântica como da Constituição Federal de 1988 – que declara que todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado e institui a Mata Atlântica como Patrimônio Nacional”, finaliza a entidade.

https://www.sosma.org.br/wp-content/uploads/2020/09/Plataforma-Ambiental-SOS_2020.pdf

 

Fonte: brpolitico.com.br/noticias/sos-mata-atlantica-cobra-agenda-ambiental-a-candidatos

Coronavírus em Tempo Real